segunda-feira, abril 12, 2004

Diga pro médico....

O pulmão, orgão do corpo que organiza a entrada do oxigênio para o glóbulo vermelho e que tem função de levar para cada célula a matéria prima para o funcionamento de celulas. O paciente foi pro exame. O doutor pede pra entrar na sala, pega o seu instrumento de trabalho coloca aquela placa metalica nas costas, bem perto do pulmão e pede:

- Diga trinta e três!!!
- Trinta e três, Doutor, foram tantas coisas que fiz... Mal aluno é bem verdade, mas muito sensivel, com uma imaginação inimaginável. Pense que com 3 anos tomei um porre com o resto de cerveja deixado em garrafas e que meus pais nem perceberam.

- Eu sei meu filho, mas diga trinta e três!!!
- Trinta e três Doutor, onde passei por 1 operação de piloro com direito a parada cardiaca, tive pólipo em um lugar meio esquisito, e uma convulsão na minha adolescencia curada a base de hidrantal. Uma loucura Doutor.

- Ta bom, ta bom, mas diga trinta e três!!!
- Trinta e três, mas não falei que fiz teatro no Planetário, conheci o Carlinhos Lyra pessoalmente, depois descambei pra música no Villa Lobos, até chegar na História né Doutor. Adoro musica, teatro e centros culturais Doutor, muito bom mesmo. Mas não dispenso uma praia, e andar de bicicleta, Paquetá e viajens, estar com amigos e fazer novos amigos Doutor.

- Assim não é possivel, diga trinta e três!!!
- Trinta e três, Doutor, não sei do pulmão, mas o coração sempre foi um ponto fraco Doutor, sempre, me apaixono muito facil e rápido, contei quando tive uma namorada em Porto Alegre? Ou de São Paulo? Vitória e Recife? Curitiba e Minas? Tenhio jeito não Doutor. Fui até atropelado em São Luis, o carro bateu feio, mas me rendeu uma volta de avião. Nunca tinha andado de avião.

- Fale menos e só diga trinta e três!!!
- Trinta e três, mas muito bem vividos Doutor, aprendia beber, deixei o cabelo crescer e fui trabalhar, que nem a musica do Renato Russo, Doutor mas ainda não estou satisfeito, aprendi tanto na vida, seja com indios, favelas, idas aos morros e favelas, aos lugares da cidade, Sabe Doutor, me sinto mais confiante em algumas coisas e feliz com outras, contei que vai sair um outro livro de poesia, poemas cariocas, uma antologia, eu sei, é verdade mas...

- Pelo Amor de Deus Sr. Renato, só diga trinta e três!!!
- Ta bom Doutor, mas trinta e três foi a idade de Cristo, e não a de Deus e comemoro amanhã Doutor, dia 13 de abril, só amanhã. Desculpe Doutor, Trinta e três, Trinta e três, Trinta e três......
Postar um comentário