domingo, fevereiro 27, 2005

A Barra é Bela




Parafraseando o filme que ganhou o Oscar há alguns tempos atrás, a Barra da Tijuca é linda e ontem tava mais espetácular ainda. O mar calmo, sol, calor, agua morna, vendedores de Bavária por 1,50 a lata. Foi um ótimo sábado.

A Vida é bela e a Barra também.

  • PS: Se os coreanos tem olhos pequenos, sabem ver o Rio de Janeiro de diversos aspectos, basta reparar a foto do topo.

    Encontrei esse site por acaso, mas vale a pena conferir porque o Rio de Janeiro continua lindo.
  • sábado, fevereiro 26, 2005

    Alagados




    Ontem estava indo pra Barra da Tijuca e tocou no rádio a fantástica música de Hebert Vianna - Alagados. Como ela é atual e será por muitos e muitos anos, vejam:

    Alagados
    Todo dia, o sol da manhã vem e lhes desafia,
    Trás do sonho pro mundo quem já não queria,
    Palafitas, trapiches, barracos, filhos da mesma agonia, ou!!

    E a cidade, que tem braços abertos num cartão postal,
    Com os punhos fechados na vida real
    E nega oportunidades, mostra a face dura do mal, ou!!!

    Alagados, gruenstall !!! Favela da maré,
    A esperança não vem do mar, vem das antenas de TV,
    A arte de viver da fé , só não se sabe fé em que,
    A arte de viver da fé , só não se sabe fé em que,

    Todo dia, o sol da manhã vem e lhes desafia,
    Trás do sonho pro mundo quem já não queria,
    Palafitas, trapiches, barracos, filhos da mesma agonia, ou!!

    E a cidade, que tem braços abertos num cartão postal,
    Com os punhos fechados na vida real
    E nega oportunidades, mostra a face dura do mal, ou!!!

    Alagados, gruenstall !!! Favela da maré,
    A esperança não vem do mar, vem das antenas de TV,
    A arte de viver da fé , só não se sabe fé em que,
    A arte de viver da fé , só não se sabe fé em que"

    quarta-feira, fevereiro 23, 2005

    O bagulho tá doido

    O caro blogueiro pode não saber (e se sabe já deve estar meio saturado desta repetição), mas tenho freqüentado quase que diariamente uma grande favela do Rio de Janeiro denominada Complexo do Morro do Macaco – que fica exatamente na Zona Norte da cidade, bem perto do bairro de Vila Isabel.

    Não sou lingüista, muito menos um profissional que visa registrar os vocábulos da Língua Portuguesa, mas confesso ter ficado estarrecido com certas expressões comuns que a “galera” do morro usa como a que reproduzo no título deste texto: O bagulho ta doido.

    Para traduzir ao português claro, O BAGULHO TÁ DOIDO significa a mesma coisa que, a situação ta preta, o bicho ta pegando, a coisa ta medonha, o negócio ta sinistro, desespero, caos, desordem, confusão, inversão de coisas, corra, perigo, perigo. É....... eu acho que é tudo isso aí que podemos traduzir desta peculiar expressão informal, bem longe da norma culta.

    Mas pensando bem na conjuntura global, nacional e local, tenho que concordar com eles já que os últimos acontecimentos provam, de forma factual, de que todas as esferas estão assim. Vejam meus caros blogueiros:

  • Bush está se reaproximando da Europa visando aumentar o apoio as suas ações de guerra pelo mundo.
  • No Brasil a freira americana foi assassinada e o Fantástico mostrou que desde 1971 apenas 3 pessoas ligadas a morte e violência no campo foram processados das centenas de mortes que ocorreram naquela região.
  • Severino Cavalcanti, Presidente da Câmera, vai aumentar o salário dos Deputados Federais e já encontra eco no Judiciário – o pior é que ele tem uma cara de ratazana !!!! Daquelas bem gordas, do esgoto mesmo!!!
  • César Maia, prefeito do Rio de Janeiro está praticamente falindo a cidade num plano eleitoreiro que visa agora ser candidato a Presidente da República e cortando todos os apoios municipais ás instituições federais.
  • Dois ex-alunos meus foram mortos por causa do tráfico de drogas.

    É...... depois deste quadro desolador só tenho duas coisas a dizer... A situação ta sinistra; O bagulho tá doido mano!!!
  • terça-feira, fevereiro 22, 2005

    Trinta Mil

    Pois é... nem me dei conta e a Babilônia bateu a casa das 30.000 visitas. O que é uma honra e glória desta Babilônica.

    Ou seja, é a máxima do Pequeno Prícipe - de que sou responsável pelo que cativo, tenho que ter responsabilidade no que publico por essas bandas babilônicas. Afinal de contas, ja teve blog suspenso por causa de um comentário, no sistema de comentários.

    Mas a nova é a seguinte. Pra comemorar esses 30 mil, vriei um endereço mais fácil pro Blog, que está hospedado aqui no BLOGGER. Então a Babilônia pode ser acessada pela URL: www.babiloniablog.tk.

    Apesar da propraganda de Tokelau, é mais facil de informar pro mundo. Agradeço a todos os blogueiros e passageios desta nave Babilônica.

    sábado, fevereiro 19, 2005

    É com S




    O caro blogueiro ta reparando nessa marca aí de cima? Pois ela vai ser a marca do Brasil para seus produtos no exterior. Percebam que não há nenhuma referência aos símbolos nacionais pátrios, coisa que se tornou muito comum “pruma” nação que tem a origem de sua formação no positivismo e que passou por vinte anos de ditadura militar.

    Parei hoje em frente ao jornal e fiquei observando bem: no primeiro momento não me identifiquei, mas a marca Brasil é despojada, colorida, está em movimento, parece que todas as cores estão se misturando – coisa que a gente sabe fazer muito bem – mistura de raça, de música, de estilos, etc...

    O que mais me chamou atenção também, é que agora o nome Brasil não vai ter mais “Z” porque ele se escreve é com “S”. Finalmente vamos mostrar pro mundo, além dos eventos esportivos, como é que se escreve. Aliás essa mudança me lembrou uma música ótima de Rita Lee e Roberto de Carvalho, e que foi gravado com a participação especial de João Giberto.

    Brasil com S

    Quando Cabral descobriu no Brasil o caminho das Índias
    Falou ao Pero Vaz para a caminha escrever para o rei
    “Que terra linda assim não há, com tico-ticos no fubá
    Quem te conhece não esquece...
    Meu Brasil é com S".

    O caçador de esmeraldas achou uma mina de ouro
    Caramuru deu chabu e casou com a filha do Pajé
    Terra de encanto, amor e sol
    Não fala inglês nem espanhol
    Quem te conhece não esquece...
    Meu Brasil é com S.

    E pra quem gosta de boa comida aqui é um prato cheio
    Até Dom Pedro abusou do tempero e não se segurou
    Oh! natureza generosa
    Está com tudo e não está prosa
    Quem te conhece não esquece...
    Meu Brasil é com S.

    Na minha terra onde tudo na vida se dá um jeitinho
    Ainda hoje invasores namoram a tua beleza
    Que confusão, veja você
    No mapa-múndi está com Z
    Quem te conhece não esquece...
    Brasil é com S !!!!

    quinta-feira, fevereiro 17, 2005

    Máxima Babilônica para a Educação


    "A Cultura enriquece."

    Afinal de contas, o caro blogueiro conhece algum dono de escola pobre?"

    quarta-feira, fevereiro 16, 2005

    Uma miragem chamada 267 L.A.


    Foi assim que eu me senti quando me deparei com esta miragem, caros blogueiros, um ônibus da Viação Futura da linha 267 (Freguesia-Pça XV) passando em plena Praça do Anil. Tive que sair em disparada, parar o veículo e perguntar:

    - Pra onde esse onibus está indo?

    - Pra Praça XV, via Linha Amarela!!! -
    Respondeu-me o motorista

    - Demora quanto tempo pro próximo?

    - Uns 25 minutos!

    - Que horas sai o primeiro e o último carro?

    - O primeiro às 7 da manhã e o último as 18:00!!


    É fato que, pra uma pessoa que não tem um veículo automotor, essa nova linha vai facilitar a minha vida, porque não vou precisar pegar 2 ônibus comuns pra chegar na Rodoviária Novo Rio.
    É o progresso meus caros blogueiros, é o progresso em Jaca City!!!

    terça-feira, fevereiro 15, 2005

    Seremos Cavalgados?


    A notícia da eleição do Congresso Nacional foi surpreendente e nos faz repensar sobre a atual conjuntura política que o Brasil está vivendo e a nossa expectativa de um governo comandando pelo maior ícone do Movimento Operário Brasileiro.

    A esperança, que andava capengando foi vencida pelo medo, pois temos como presidente da Camara dos Deputados Federais o Ex. Sr. Severino Cavalcanti (PPB-PE) que representa o que de mais arcaico, conservador, aristicrata e latifundiario que o Nordeste pode oferecer desde o período colonial.

    A familia Cavalcanti é tradicional de Pernambuco, que teve apogeu na monocultura açucareira e até hoje detém uma força conservadora que dura décadas. Cavalcanti já foi ligado a UDN, a ARENA e a Ditadura Militar, aos partidos mais conservadores que podemos imaginar e que governam o Brasil mantendo o privilégio para as elites e os proprietários de terra.

    Para os caros blogueiros terem uma noção, uma pequena frase de efeito surtia efeito enquanto analise política do poder econômico desta família: "Quem não é Cavalvanti, é cavalgado". A partir dela, o caro leitor pode concluir a que ponto chegamos nesta conjuntura brasiliera.

    O desfio de Lula em governar o Brasil se agravou, principalmente no que diz respeito às reformas no Congresso. Mas não podemos esquecer que o próprio PT tem muita culpa desta conjuntura. Vejamos: Em São Paulo, quando os petistas da camara dos veradores elegeram um Presidente do PT e não do PSDB, abriu uma procedencia nacional.

    Agora, é torcer para que não sejamos cavalgados!

    No Blig de Ricardo Noblat encontram-se pérolas de Severino Cavalcanti e algumas boas analises. A que mais gostei foi essa:

    "Pergunta que não quer calar: será que os 300 votos que elegeram Severino Cavalcanti presidente da Câmara dos Deputados foram dados pelos 300 picaretas que Lula identificou no Congresso no final dos anos 80?"
    Por Ricardo Noblat

    sábado, fevereiro 12, 2005

    Máxima Babilônia de Ghandi




    "Não quero que minha casa seja cercada por muros de todos os lados e que as minhas janelas estejam tapadas.
    Quero que as culturas de todos os povos andem pela minha casa com o máximo de liberdade possível."


    In: O Pensamento Vivo de Gandhi - 8 - Martin Claret Editores

    quinta-feira, fevereiro 10, 2005

    O ABC Dário do Desfile


    A gente trabalha, o ano inteiro,
    Por um momento de sonho,
    Pra fazer a fantasia
    De rei, ou de pirata e jardineira
    Pra tudo se acabar na quarta-feira

    Tristeza não tem fim
    Felicidade sim

    Vinicius de Moraes

    Se o caro blogueiro concorda que a quarta feira é de cinzas, a minha foi nesta quinta feira, onde o gosto amargo da derrota sucumbiu o Terreirão do Samba. A UNIDOS DO ANIL foi rebaixada para o grupo D.

    Pois é, fui bem cedo pra Praça Onze, no centro do Rio de Janeiro, acompanhar a apuração do Grupo C de 1995 numa ensolarada tarde de quinta feira, e fui encontrando amigos ritmistas de outras escolas de samba, até me juntar à mesa da diretoria do G.R.E.S. Unidos do Anil.

    As notas das 14 escolas do Grupo C foram sendo anunciadas e a minha agremiação parecia que iria continuar no grupo, mas nos quesitos de samba enredo, evolução e harmonia foram desastrosas. Nem mesmo a bateria conseguiu uma nota 10 (apesar de ter sido a que menos perdeu ponto).

    "Et voilat!!" ficamos na décima segunda colocação e fomos rebaixados pro Grupo D, uma tristeza que se abateu logo em seguida na Praça do Anil, quando retornamos. Agora é levantar a cabeça e ganhar o próximo carnaval.

    Apuração das Escolas do Grupo C de 2005
    01-UNIÃO DO PARQUE CURICICA (campeã)
    02-FLOR DA MINA DO ANDARAÍ (Vice-Campeã)

    03-DIFICIL É O NOME
    04-ENGENHO DA RAINHA
    05-UNIDOS DO CABRAL
    06-GATO DE BONSUCESSO
    07-ARRASTÃO DE CASCADURA
    08-UNIDOS DA VILA RICA
    09-CANARIOS DAS LARANJEIRAS
    10-ACADEMICOS DA ABOLIÇÃO
    11-UNIDOS DO CABUÇÚ
    12-UNIDOS DO ANIL
    13-ACADEMICOS DA BARRA
    14-UNIDOS DO SACRAMENTO

    quarta-feira, fevereiro 09, 2005

    Acompanhando a apuração

    Caí no sono... é meus caros blogueiros, caí no sono e não vi a apuração das escolas de samba do grupo especial do Rio de Janeiro. Acordei faltando 2 quesitos e o resultado iniscutível - Beija-Flor Tri-Campeã. Mas o show mesmo ficou pras notas na tela da TV Globo que mostrava a parcial e a mudança de posição das escolas.


    Mas os caros blogueiros não sabem como foi torturante, daqui de casa, tentar entender a transmissão da CNT que cobriu o grupo de Acesso onde está a Renascer de Jacarepaguá.

    Os entrevistadores, alem de atrapalhar a apuração pro telespectador (nesse caso - eu), que não conseguia ouvir o resultado das notas anunciado pelo Jorge Perlingeiro, eles conseguiram irritar alguns presidentes na hora de marcar as notas.

    Alem disso, na hora em que anunciava-se o resultado e a pontuação - momento decisivo pras escolas - a equipe jornalística resolveu entrevistar o presidente que gritava. Confesso que neste momento tive que grudar meu ouvido no alto falante da TV pra descobrir o resultado. Uffaa!!! A Renascer não caiu.

    O Resultado
    A Acadêmicos da Rocinha foi a campeão do Grupo de Acesso e vai desfilar no Grupo Especial no ano que vem. Em segundo lugar ficou a União da Ilha do Governador.

    A Renascer de Jacarepaguá ficou em 8º lugar, mas confesso que achei que estaríamos no grupo B em 2006. No quesito bateria, tiramos as seguintes notas: 10, 9.7, 9.8 e 9. Seu enredo "Espelho, Espelho Meu" foi muito bem recebido pelo público presente no sábado de carnaval, na Marquês de Sapucaí.

    A Paraíso do Tuiuti e a União de Jacarepaguá ficaram em penúltimo e último, respectivamente, e foram rebaixadas para o Grupo de Acesso B.

    O Amanhã
    A partir das 15 horas vou me deslocar pro Terreirão do Samba pra acompanhar de perto a apuração do G.R.E.S. Unidos do Anil que neste ano desfilou na Intendente Magalhães, no Campinho. Aguardem o resultado que vou colocar aqui na Babilônia. Quem sabe não vamos comemorar a subida pro grupo B ou a permanencia do grupo C. A Anil é garra!!!! Valeu Zumbi!!!!

  • PS: Mano!! valeu pela revisão, tantos erros!!!!
  • segunda-feira, fevereiro 07, 2005

    Estreia na Sapucaí



    Emoção e tensão, esse seria o resumo da ópera: Desfilar no Gremio Recreativo de Escola de Samba Renascer de Jacarepaguá no Grupo de Acesso A na Sapucaí no sabado de carnaval aqui no Rio de Janeiro.

    A Renascer de Jacarepaguá abriu o desfile pontualmente às 20h. A chuva fina molhou as fantasias da escola, que deixou para os últimos minutos a retirada dos plásticos que cobriam os carros e alegorias.

    A ala da bateria estava um espetáculo, e veio empolgando o público. O que me impressionou foi a passagem de um carro com romanos. Confesso que o nó na garganta apertou e minhas lagrimas se misturaram com a chuva fina que insitia em cair.

    Saí com a alma lavada e satisfeito por participar desta grande festa. Uma Babilonia que se repetiu no dia seguinte, quando desfilei na Unidos do Anil.

    quinta-feira, fevereiro 03, 2005

    Recife do meu coração
    (Beto)

    Caminho na Aurora maurícia, de um luar irreparado, sonoro, molhado.
    Te desejo.
    Meu sorriso denuncia a alegria solitária.
    O rio move-se.
    O som que dele se desprende traz-me a lembrança do Isabel que não participei.
    Seus aplausos, sua vida interior.
    O Capibaribe é um rio pomposo,
    De lamas escuras, cheirando ao olhar do Josué do mangue.

    A expressão feliz caminha por minhas faces, que aos poucos vão se modificando,
    Tonando-se já em saudades dos sonhos daquela noite clara,
    Estrelada, noite sem igual.
    Dobro a esquerda e já inverto as ruas da minha cidade.
    Saudades tenho da visão anterior: poética, melancólica no sujo deixado,
    Amorosa como o Bandeira a viu em seu olhar de saudades.

    Sei de ti Recife de “a salto alto”, de meninos de pés descalços, meninos do deus Dará. Dará meu deus às luzes da noite bela para aqueles magrelas assubir ao colo Teu.

    Despeço-me com meu olhar amarelo.
    O Recife entrou e eu o guardei lá no cantinho quente do meu coração.
    De luzes vermelhas, de pulsas veias, de vasculares teias arteriais.

    Agora é hora.
    Deixo-te a dormir no peito, ninando-te do melhor jeito no interior dessa imensidão.
    Abrirei as portas pela manhã e ele sairá mais vivo do que nunca de um corpo que se Pergunta: por que de amar assim.

    Amo-te Recife com todas as minhas forças e grito ao mundo o meu amor por ti.
    Amor de lágrimas alegres e triste também ao te ver maltratada no descaso de alguém.
    Alguém que muito diferente dos meus sentimentos
    Não soube cuidar-te bem.

    Sequestraram o Imperialismo no Iraque

    Pode parecer piada de mau gosto né? Mas um grupo de libertação divulgou uma foto de um suposto soldado norte americano, mas que não passava de um boneco. Poderiamos dizer que é somente um grupo iraquiano (chamados pela midia de terroristas) que estava tentando simular um preso americano.

    Tenho outra teoria para este fato insolito: A ameaça da integridade do mais perigoso brinquedo que é amplamente vendido na área de conflito.

    A política Norte Americana lembra muito as antigas conquistas de Espanhois e Portugueses em um período de nossa história. Primeiro uma guerra intensa com os nativos, destruindo praticamente tudo. Depois vem uma onda cultural, onde os valores e a cultura é amplamente difundida pelos exercitos que ocuparam.

    O Boneco, neste sentido, representa tudo isso, uma forma de conquistar as crianças através de um artefato de brinquedo. A conquista cultural que é mais devastadora ainda, capaz de impregnar um povo inteiro.

    Tudo bem, o curso ia normal, até aprecer esse perigoso grupo que raptou e ameaça a integridade deste boneco produzido e vendido pela industria norte america.

    Ora, meus caros blogueiros, nem o Dadaismo experimentou tamanho impacto internacional, essa é uma nova concepção de arte, onde os bonecos serão sequestrados e ameaçados com armas de brinquedo pelos Iraquianos.

    Se os americanos, desde o filme Top Secret da década de 80, tem satirizado os governos arabes, cubanos, socialistas, iraquianos, em filmes de comedia pastelão, onde um heroi idiota parodiando um Rambo é capaz de fazer estragos em territorios internacionais.

    Creio que o episodio do boneco, é um bom troco a altura destes filmes e dessa cultura norte americana, de que no fundo, o mundo é um grande quintal para os Norte Americanos. Ainda tenho a esperança que todos esses crimes de guerra dos EUA sejam julgados um dia.

    Acredito que este possa ser um movimento internacional, sequestrar e capturar todos os bonecos similares ao quefoi raptado no Iraque.

    Mas cabe uma ressalva babilônica: O perigo é se todos os bonecos: Falcon (loiro e moreno), os Comandos em Ação e outros se revoltem e resolvam invadir o Iraque também. já vejo até a noticia: A Invasão dos Bonecos contra ataca.

    terça-feira, fevereiro 01, 2005

    Trocando em Míudos por Sarapatéu


    Em mais uma edição das rapidinhas da Babilônia (só pra botar nossos assuntos em dia) devido a minha ausência diaria deste diário babilônico. Ando a executar um projeto que se iniciou logo após ter assistido o filme Alexandre, o de escrever uma critíca envolvendo (história e cinema) desta mega produção. Para isso tenho que dar uma aprofundada na obra do historiador francês, Marc Ferrô. Aguardem no Expresso Opinião!!!

  • Fazer o que?? Uma outra viagem seria possível, para o forum que seria em Porto Alegre (e está sendo), Mas... a labuta foi prioridade, naquela velha máxima. É melhor um salário na mão, do que uma viagem sem grana. E tenho dito! Perdi a maior Babilônia do Sul, chamada Forum Social Mundial.

  • Ontem iniciei a releitura do classico: O Anticristo.

  • E a maratona carnavalesca já se inicou (grande motivo deste silencio na Babilônia). Na sexta a noite teve ensaio na Renascer de Jacarepaguá. Sabado foi a vez de marcar presença no ensaio da Unidos do Anil. Domingo então foi a minha maior maratona: Pela manhã tocar no Bloco Eles & Elas da Freguesia, à tarde nossa bateria se apresentou no Via Parque Shopping (junto com a Portela e a Tradição) e a noite teve ensaio de rua no G.R.E.S. Renascer de Jacarepaguá.
    E se o caro blogueiro achou pouco, hoje tem ensaio na Renascer e amanhã na Praça do Anil.

  • Confirmado!!!!! O Castelo Pokemon vai receber oito foliões. Vamos estremecer o carnaval carioca. Babilônia Irmãos!!!

  • A Previsão do tempo informa: Sujeito a muita chuva!!! vai ser um carnaval molhado - literalmente. Creio que os Deuses do Olimpo celeste (incluindo São Pedro) andam de birra com o carnaval carioca. Quanta água!!! Por Tupã.