quarta-feira, abril 28, 2004

Associação Brasileira de Imprensa - ABI

Lembra da ABI? Nos bons tempos de Barbosa Lima Sobrinho, a associação lutou pela liberdade de imprensa, contra ditaduras e foi fundamental na derrubada do Collor. Mas hoje, endividada e sem um jornalista na sua direção, a entidade padece. Muitos sequer se lembram da ABI.

Três chapas concorrerão às eleições marcadas para sexta-feira, dia 30, de 10h às 20h:

  • Chapa Prudente de Moraes, Neto, que tem como candidato a presidente Maurício Azêdo;
  • Chapa Barbosa Lima Sobrinho – Renovação, encabeçada por Lygia Maria Collor Jobim; e
  • Chapa Diretas-Já, que indicou José Teixeira Peroba para presidir a entidade no próximo triênio.

    Recebi o bom jornal da Prudente de Moraes, Neto. Há jornalistas de respeito formando esta chapa (Milton Temer, João Máximo, Domingos Meireles, Chico Caruso, Ferreira Gullar, Miro Teixeira, Ziraldo, Zuenir Ventura, Marceu Vieira, entre outros), além do meu ex-professor e sempre combatente Ivan Proença. Eu, em uma conversa com Vitor Iorio, passei a simpatizar muito com as propostas. Das outras, pouco sei. Mas procurarei saber da ABI.
  • Postar um comentário