sábado, fevereiro 28, 2004

Ainda o Carnaval


A folia de Momo, no Sambódromo (ou Passarela de Desfiles Darcy Ribeiro) começa na sexta-feira e vai até a terça-feira de carnaval. Muita gente só se liga nela no domingo e na segunda, quando desfilam a escolas de samba do Grupo Especial. Porém, muita gente se esquece, ou mesmo não sabe, que nos outros dias rolam também belos espetáculos. Na sexta, as crianças das escolas mirins, herdeiras do samba, tomam conta da passarela. No sábado é a vez das escolas de samba do Grupo de Acesso A, do qual a campeã é promovida ao Grupo Especial no ano seguinte. Já na terça-feira desfilam as escolas de samba do Grupo B, que brigam por uma única vaga no Grupo A. A cada ano que passa, a concorrência tem levado as agremiações a caprichar cada vez mais no trabalho que levam para a avenida e, obviamente, quem sai ganhando com isso é o público. Os preços exorbitantes de um ingresso para arquibancada em dia do Grupo Especial cedem lugar a preços populares nos outros dias. E eu afirmo que quem vai até a Sapucaí nesses outros dias não se arrepende. Para se ter uma idéia, este ano, durante o desfile do Grupo B, um grande público compareceu às arquibancadas, mesmo debaixo da forte chuva que caiu sobre o Rio de Janeiro.

Isso para não falar dos desfiles na Rio Branco, que também chamam a atenção de milhares de pessoas que comparecem para prestigiar o evento. Mas sobre isso, a melhor pessoa para falar é o Renato Motta, que há dois anos desfila na bateria da Unidos do Anil.

Como exemplo, publico aqui algumas fotos do belo desfile da Vizinha Faladeira, campeã do Grupo de Acesso B.





Postar um comentário