sábado, julho 24, 2004

O diálogo





Eu sei que o caro Blogueiro vai pensar o seguinte: Mas eu já sabia... O Impressionante é fazer a leitura do diálogo. Vejam que interessante a sensibilidade do Yuka:

- Hei Joe onde é que você vai com essa arma aí na mão?
hei Joe esse não é o atalho pra sair dessa condição?
dorme com tiro acorda ligado tiro que tiro trik-trak boom pra todo o lado

- Mmeu irmão, só desse jeito consegui impor minha moral, eu sei que sou caçado e visto sempre como um animal. Sirene ligada os homi chegando trik-trak boom boom, mas eu vou me mandando

- Hei joe assim você não curte o brilho intenso da manhã.
Hei joe o que o teu filho vai pensar quando a fumaça baixar

- Fumaça de fumo, fogo de revólver e é assim que eu faço eu faço
eu faço,eu faço a minha história. Meu irmão, aqui estou por causa dele e vou te dizer talvez eu não tenha vida Mas é assim que vai ser armamento pesado corpo fechado

- Menos de 5% dos caras do local são dedicados a alguma atividade marginal e impressionam quando aparecem nos jornais tapando a cara com trapo,m com uma uzi na mão, parecendo árabes do caos.

- Sinto muito cumpadi mas é burrice pensar que esses caras é que são os donos da biografia já que a grande maioria daria um livro por dia sobre arte, honestidade e sacrifício.
Postar um comentário