quarta-feira, outubro 29, 2003

A arte do encontro



O CD "Nota no Verso", da compositora e poeta Delayne Brasil, é o resultado de encontros: da poesia com música; de artistas e escritores; de gerações; de afetos e afinidades; palco e platéia; violão e canto; de grupos e movimentos nos saraus e eventos; e destes nos festivais de Poesia - como o que acontecerá no mês de novembro, em cinco cidades do Rio de Janeiro (unidas, também, por este encontro).

Notar o verso é ver o que está por trás e além. A nota musical no verso é outra e nova leitura, pois "na lata do poeta tudo, nada cabe" E, "a meta do poeta é metáfora" - como bem diz Gilberto Gil.

Assim, o título "Nota no Verso" é encontro semântico, onde "notar" e "verso" se desdobram em vários significados. A música de Delayne Brasil para os poemas de Gilberto Mendonça Teles, João de Abreu Borges, Laura Esteves, Marcus Vinícius, Nei Leandro de Castro, Reynaldo Valinho Alvarez, Silvio Ribeiro de Castro, Tanussi Cardoso e Vígínia Gualberto é encontro de estilos, arranjos e instrumentos.

Nota no Verso: a música de Delayne Brasil (poeta e cantora) para os poemas de Gilberto Mendonça Teles, João de Abreu Borges, Laura Esteves, Marcus Vinicius, Nei Leandro de Castro, Reynaldo Valinho Alvarez, Silvio Ribeiro de Castro, Tanussi Cardoso e Virgínia Gualberto.

Apoio: Clube de Engenharia e Teatro Glaucio Gill

Lançamento do cd:

  • Dia 31 de outubro, próxima sexta, a partir das 18 horas, no 24º andar do Clube de Engenharia (Av. Rio Branco nº 124, esquina com Sete de Setembro) - sarau-show com a participação de poetas e músicos convidados.

  • Dia 4 de novembro (a primeira terça do mês de novembro) será no Café do Teatro Glaucio Gill (Praça Cardeal Arcoverde - estação Copacabana do metrô).

    Em seu show de lançamento, Delayne Brasil se apresenta acompanhada pelos arranjadores musicais Aldo Medeiros e Fernando Vilela (violões), além dos músicos Alex Frias (violão e alaúde) e Di Lutgardes (pecussão), contando ainda com as participações de Myrian Moreira (viola de cocho), Carmem Moretzsohn (piano) e de S. Julinho (acordeom).
  • Postar um comentário