quarta-feira, junho 02, 2004

Síndrome das Diferenças

Sábado, depois do jogo de futebol virtual da SOCABA - evidente que rendeu chopps reais - acabamos indo almoçar no Pavilhão de Tradições Nordestinas Luis Gonzaga - ou a popular Feira de São Cristovão e que rendeu um encontro inesperado entre eu e Raimundo Santa Helena.

Uma TV fazia uma entrevista com a personalidade cordelista... hei que tive a opostunidade de falar com Raimundo.
Prontamente ele me informou que neste sábado, dia 5/06 vai ter maratona de cordel no seu espaço das 18:00 às 21:00.

UM POUCO DE HISTÓRIA:
A história da Feira Nordestina do Campo de São Cristóvão remonta aos anos 40. No local havia uma estação rodoviária, ponto de chegada de migrantes, paraibanos e cearenses em sua maioria.

Nos caminhões lotados, que ficaram conhecidos como "pau-de-arara", traziam não só produtos típicos do Norte e Nordeste, mas também o sonho de uma vida melhor na então capital.

Ali também embarcavam rumo a seus estados de origem soldados que retornavam da Itália ao final da 2ª Guerra Mundial. Para homenageá-los o cordelista Raimundo Santa Helena escreveu "Fim de Guerra". A leitura da obra em praça pública, no dia 02/09/1945, passou a ser considerada como a data de inauguração da feira


Local: Pavilhão de São Cristovão
Livraria Catolé - Xilogravura e Cordel.
Rua Ceará (dentro do pavilhão, não confundam amigos)
Terceira entrada a Esquerda N. 633
São Cristovão
Rio de Janeiro-RJ

deixo com um verso do cordelista, que o fez quando tava muito triste num dezembro de 2003, depois da partida da mulher e viu dois alegres deficientes fisicos num shopping daqui do Rio de Janeiro.

Síndrome das Diferenças

Por Raimundo Santa Helena

"Deus me fez pra viver num paraiso
Neste mundo, também Lá no eterno.
Se o Diabo vier lá do inferno
Fá-lo-ei pó na sola do meu piso,
Com meu corpo banhado no batismo
Do olhar de irmãos deficientes,
Em cadeiras de roda, sorridentes,
Transformando a vida num buquê...
Quanta gente perfeita que não vê
A mensagem de Deus nos diferentes"
Postar um comentário