quinta-feira, maio 13, 2004



Em 1888 a então Princesa Izabel assinava a Lei Aurea no Brasil, libertando todos os escravos. Pois não foi o Brasil a última colônia da América a abolir a escravatura. A capacidade de uma elite em manter a estrutura escravista primeiro implementada pelos portugueses e depois pelos brasileiros.



No carnaval de 1988, a então Escola de Samba Vila Isabel, veio com o maravilhosos samba KIZOMBA que seria então campeão daquele ano.
O samba é belo e vale sempre ser lembrado:

Kizomba

Valeu, Zumbi
O grito forte dos Palmares
Que correu terras, céus e mares
Influenciando a abolição

Zumbi valeu
Hoje a Vila é Kizomba
É batuque, canto e dança
Jongo e Maracatu
Vem, minininha, pra dançar o Caxambu - (bis)

Ôô, ôô, nega mina
Anastácia não se deixou escravizar
Ôô, ôô, Clementina
O pagode é o partido popular.

O sacerdote ergue a taça
Convocando toda a massa
Neste evento que congraça
Gente de todas as raças
Numa mesma emoção
Esta Kizomba é nossa contribuição - (bis)

Que magia
Reza, ajeum e orixás
Tem a força da cultura
Tem a arte e a bravura
E o bom jogo de cintura
Faz valer seus ideais
E a beleza pura de seus rituais

Ver a lua de Luanda
Para iluminar a rua
Nossa sede é nossa sede
De que o apartheid se destina

Valeu!

Postar um comentário