quinta-feira, março 04, 2004

Uma cena no Rio de Janeiro


Tinha acabado de chegar no Centro Comunitário - CEACA-Vila e o Jornal Hoje da TV Globo noticiava sobre a violência ocorrida em Copacabana.

Dona Anna, antiga moradora do Morro do Macaco e presidente do Centro Comunitário prestava muita atenção nas cenas de enfrentamento no bairro da Zona Sul do Rio. Até aparecer, em destaque, um português que resolveu passar o dia inteiro dentro de casa sem vontade de sair da cama por medo e por insegurança.
Dona Anna olhou pra mim, riu com uma sinceridade e com pena do senhor da TV, se limitando a falar:
- Tadinho dele.

Mas como não sabem, meus caros blogueiros que essa senhora convive com tiroteios e mais tiroteios em frente ao Centro Comunitário, seja pela disputa dos traficantes pelo comando do morro, ou pelos constantes confrontos entre a PM e os traficantes.
Talvez por isso, a sinceridade dela. Aqui sim, fica estampada as diferenças de uma cidade partida. Enquanto uns nunca viram e se apavoram, outros convivem diariamente com a barra pesada da violência.
Postar um comentário