quarta-feira, março 02, 2005

The Oscar goes to...

Na grande noite do cinema norte americano, zapeando pelos canais da tevê a cabo, acabei encontrando um peculiar documentário da RTV Espanhola chamado Estadio Nacional.

O documentário impressiona pelos depoimentos fortes sobre as condições da prisão, e os processos de repressão, os depoimentos e as lembranças de cada preso, mas principalmente sobre as torturas que aconteciam dentro de uma masmorra, um anexo do complexo esportivo.

"Estadio nacional” me impressionou porque remete a Ditadura Militar que assolou o Brasil e ao Chile, e que segundo o proprio site da RTVE, "Se trata de la primera investigación periodística en profundidad, acerca de los hechos ocurridos entre septiembre y noviembre de 1973 cuando el Estadio Nacional de Chile sirvió como centro de detenidos políticos."

A direção deste documentário é de: Carmen Luz Parot, e nos faz refletir sobre a atual conjuntura do chilena.

Uma cena interessante é o depoimento de um preso que monta um coro improvisado dentro do estádio. Os produtores tiveram a preocupação de buscar imagens de arquivo da TV local e uma das músicas que foram cantadas pelos presos foi a famosa: Marinheiro, marinheiro. Sem dúvidas, teve a contribuição de algum dos cem brasileiros que estiveram presos lá.

Se a festa do Oscar era na TV Globo, vi um exelente documentário na TV Espanhola, digno de premio internacional. O Oscar? Ahh! Este foi dispensável!!!!
Postar um comentário