quarta-feira, novembro 10, 2004

Me atendeu com aquela voz de máquina
opaca, contida, estática,
e eu queria fervilhar idéias.

Nem esperei o sinal.
Surpreendi seu blá-blá-blá impessoal:
não há mensagens na porra da secretária

Postar um comentário