quarta-feira, setembro 22, 2004

Meios e mios


Não me servem mais os atuais meios de transporte. Cruzo a Av Rio Branco 30 minutos atrasado e uma vontade louca de poder transcender o espaço.

Na verdade, só me serve uma Maquina do Tempo.

Pro atraso queria fazer como o gato gordo, laranja e preguiçoso.
Meios e mios.

Mas não, entro na paranoia do engarrafamento, aproveito pra traçar essas tortas linhas e finalizar com um poema inédito. Nada mal né??
Postar um comentário