quinta-feira, setembro 30, 2004

Leblon


O que vimos na televisão foi impressionante, o grupo de jovens que atacava turistas na praia do Leblon é uma triste realidade que contrasta com as fotos que coloquei aí em baixo e deixa triste quem realmente ama o Rio. Um reflexo disso foi a reportagem de ontem do RJ TV, onde uma senhora praticamente chorou quando falou do caso.

Não obstante, encontrei na Coletânea Terça ConVerso no Café – 1095 dias de poemas o seguinte poema que talvez não reflita o caso, mas que me chamou muita atenção:

Esmola
Por Múcio Medeiros

Uma esmola, moço, por favor!
Um pedaço de comida!
Pode ser apodrecida,
Pois estou com pé na cova!
Um ovo choco
Ovas de peixe
Caviar
Oca pra eu morar!

Dá esmola?
Ta com medo de ser atacado?
Põe no saco
Ou na sacola de supermecado!

Serve tudo: dólar ou real
Resto de bacalhau
Uma coberta para o frio noturno
Debaixo do viaduto

Uma vagabunda
Pra eu que estou fudido no mundo
Pra eu fuder,
Aceito tudo agradecido
Quem sabe, na próxima,
Encarne um milhonário supernutrido,
Com dentes perfeitos
Estudo dirigido
Uma mesa de Carvalho
Um armário, tapete, bebida
E sobre a mesa, sobretudo,
Comida
Postar um comentário