sábado, janeiro 26, 2008

Atlantico Negro


Foi de arrepiar!!! Ter visto a reação de saudade do lider espiritual do Benin que ouviu o cantico em Yorubá da Bahia pela televisão levada pela equipe que gravou o filme Atlãntico Negro - Na Rota dos Orixás, que passou ontem (sabado) a noite na TV Brasil.

O filme é muito bonito. Na fita, Renato Barbieri mostra a origem de as raízes da cultura jêje-nagô em terreiros de Salvador, que virou candemblé, e do Maranhão, onde a mesma influência gerou o Tambor de Minas.

Um dos momentos mais impressionantes deste documentário é o encontro de descendentes de escravos baianos que moram em Benin, um país africano desconhecido para a maioria do brasileiros, mantendo tradições do século passado.

Se o Babilônico puder, veja. Porque o filme é muito musical. A toda hora estamos ouvindo cânticos e com um roteiro muito bem elaborado, movimentos, cores e como a cultura vai e volta. A influência do Brasil as relações na Africa. Um show!!!

Grande destaque também para o carnaval de Benim, com bonecos gigantes, tem até bumba meu boi, a festa do Sr. do Bonfim.

Blocos Carnavalescos - Rio de Janeiro
E por falar em carnaval, a Agenda de Samba e Choro - site linkado aqui nesta babilônia, divulgou uma enorme lista dos blocos nos principais bairros do Rio de Janeiro.

Se o leitor estiver interessado, basta acessar o site:
http://www.samba-choro.com.br/carnaval/2008

Só de ver já cansa, tem folia pra tudo quanto é lado e toda hora. Ou seja, não se extresse se estiver em um engarrafamento. Saida do veículo e sambe, sambe, sambe...
Babilônia Irmãos!!!
Postar um comentário