sexta-feira, outubro 06, 2006

Quase um Drummond

Nada como a madrugada como uma musa inspiradora, antes de dormir, a poética e a política fervilhavam em minha mente com o furduncio eleitoreiro que se formou neste cenário fluminense.

Vejam como o poema de Drummond se encaixa direitinho:

QUADRILHA POLÍTICA
Por Renato Motta

Geraldo, que tinha apoio de Cézar,
Que escolheu a Denise,
Que votava em Geraldo,
Apoiado por Rosinha,
Mulher do Garotinho,
Que a Denise odeia
Pediu que votem em nulo
Mas acabou voltando atrás.

Cabral, do partido do Garotinho
Que apoiou o Geraldo,
Que irritou o Cézar
Que saiu da campanha tucana
Que acionou o Rodrigo,
Causou mal estar nos partidos
Que se opõe ao Lula
Apoiado por Cabral, Vladimir e Crivella.

Lula, do partido do Vladimir
Que concorreu com Crivella
Que ia apoiar a Denise
Que apoiava o Geraldo
Que disputa com Lula
Que acabou apoiando o Cabral
Que não apoiava ninguém.
Postar um comentário