segunda-feira, fevereiro 13, 2006

Trocando em Miúdos por Sarapatéu no Carnaval


Não perdendo a tradição de re-editar o Trocando em Miúdos por Sarapatéu, resolvi comentar notas carnavalescas, reflexões brincantes, babilônias e serpentinas. Vamos aos curiosos fatos:

  • É tradição histórica brasileira curtir o carnaval invertendo os papéis. Homens se vestem de mulheres e/ou vice-versa. Nesse troca-troca refleti sobre algo curioso. Se pelas bandas do Rio de Janeiro, denominamos esses blocos de Bloco das Piranhas, lá pelo Nordeste, é chamado de Bloco das Virgens. Vejam que interessante como o mesmo tipo de bloco é tratado diferente. São questões culturais.

  • Aliás, o tradicional Bloco de Ipanema virou um verdadeiro Bloco de GLS, Drag Queen,s e outras faunas exóticas pelas ruas da Zona Sul.

  • Hoje no jornal O Globo, o colunista Joaquim Ferreira dos Santos publicou os curiosos nomes dos blocos de carnaval que vão animar os quatro dias de folia. Vejam como o povo carioca é criativo:
    "Cutucanoatrás, É mole mas é meu, Xupa mas não baba, Spanta neném, Simpatia é quase amor, Vem ni mim que sou facinha, Catuca que ele pula, Empurra que pega, Bangalafumenga, Suvaco de cristo, Pela-saco, Tudo nosso-tamu junto, Tá pirando-pirado-pirou, Bagunça meu coreto, Meu bem volto já, Que merda é essa, Vá de retro abacaxi, Barangal, Desculpa pra beber, Imaginou? Agora Amassa!, Nois encachaça mas não cai, Vem cá me dá e Quem num guenta bebe água"

  • Acho que faltou nessa lista a banda daqui da área, o familiar Incha Rola que sai no Anil em Jacarepaguá.

  • E por falar em Jacarepaguá, domingo as 10:30 tem o famoso bloco das Piranhas Eles & Elas, antigo bloco do Mussum dos Trapalhões. O tema é se tem a Daslu, depois a grife das prostitutas da Pça Tiradentes Daslu, aqui as piranhas de Jacarepaguá vão aderir ao "Dascu".
  • Postar um comentário