quinta-feira, maio 19, 2005

Poemínimo de Thereza Christina Motta


Não sei, foi quando li,
me identiquei no ato,
Esse poema de Thereza Motta,
tem um pouco de Renato


pequenos paraísos
Thereza Christina Motta
Rio, 16/05/2005 - 14h32

Posso não ter o tempo
que necessito,
mas construo, entre vácuos,
pequenos paraísos,
onde habito.


E olha que acabei fazendo uma pequena epigafre pro poema da Thereza, que está atualmente na Bienal divulgando a Ibis Libris.
Postar um comentário