segunda-feira, agosto 30, 2004

Acabou nosso carnaval da Rio Branco




Soube ontem pelo Presidente do G.R.E.S. Unidos do Anil (e já tinha avisado isso pela Babilônia) que o Grupo C das escolas de samba foi transefirido para a Estrada Intendentes Magalhães, no Campinho.

Se de alguma forma, pra nós da Anil, o custo de desolcamento até o Campinho será menor, por outro lado acho que perdeu o charme de desfilar na Av. Rio Branco, que certamente é o berço do desfile das escolas de samba, que outrora acontecia nos corsos e carros abertos nas primeiras décadas do século XX aqui no Rio de Janeiro.

Além disso, o primeiro desfile de Escolas de Samba com arquibancadas para assistência e vendidas ao público, foi no Carnaval de 1962, na Avenida Rio Branco, com 3.500 lugares.

Fico como o Pierrot, a Colombina e o Alerquim que agora choram juntos pela decisão da Associação das Escolas de Samba da Cidade do Rio de Janeiro.
Cade o Zé Pereira da Rio Branco? Acabou! Agora é pensar em ir pra Marquês de Sapucaí, quem sabe?!
Postar um comentário