domingo, junho 22, 2003

Blog Inagaki


Encontrei o Blog do Inagaki com essa informaçao genial. Vale a pena conferir.


A peculiar tipologia desta frase foi composta pelo designer Crystian Cruz.

De tanto rodar o Brasil na condiç?o de editor dos Guias Quatro Rodas, e se deparar com placas, cartazes e anuncios repletos de humor involuntario, trocadilhos nem sempre propositais e "herros" de ortografia, José Eduardo Camargo teve a idéia de compilar em um livro todas as fotografias que tirou em três anos de andanças pelo nosso Brasil.

O resultado, simplesmente irresistivel, esta reunido em O Brasil das Placas - Viagem por um Pa?s ao Pé da Letra. Que, além das fotos de Eduardo Camargo, conta ainda com as hilariantes poesias de cordel criadas por L. Soares (pseudônimo de André Fontenelle, editor sênior da revista Veja). Segue abaixo um exemplo desta parceria afi(n)ada:

Ao entrar na lanchonete
Expliquei pros dois irmoes
Que o plural estava errado
Meus esforços foram voes
Vi que nao adiantava
E lavei as minhas moes

Em tempo, uma pergunta que nao quer calar: alguém ja ouviu falar nessa cerveja Fon?



Por falar em fachadas inusitadas, uma outra que merece destaque todo especial é a da desentupidora Rola Bosta, localizada em Belo Horizonte, MG. A empresa possui inclusive site pr?prio, com a peculiar?ssima URL http://www.desentupidorarolabosta.com.br. Eis a explicaçao do nome, segundo a pagina da empresa:
"A Desentupidora Rola Bosta, com 15 anos de mercado, teve sua marca originada de um chamado de um cliente para desentupir um vaso sanitario. O filho desse cliente, com mais ou menos uns 5 anos de idade, brincava com a descarga do vaso entupido, e às mil gargalhadas exclamava: - Rola bosta, rola bosta!, assim dando a idéia do nome que possu?mos hoje".

Ao contrario do que reza a lenda, nao foi Charles de Gaulle quem afirmou que o Brasil nao é um pais sério. Concordo, porém, com a frase. E a complemento: ainda bem!
texto escrito Alexandre Inagaki e copiado de seu Blog

Postar um comentário