sexta-feira, abril 23, 2010

Viva São Jorge


Aqui não é Star War, mas agora é a hora de São Jorge contra-atacar e o Rio de Janeiro, bonito por natureza marca sua presença no feriado.

Sua origem é inglesa, mas além da igreja católica, o santo guerreiro foi adotado pelas religiões afro-brasileiras. E aí reside o papel deste Santo, a suas multiplas representatividades.

Infelizmente o atual Papa Bento está modificando a política da Igreja Católica e tende a condenar o sincretismo e isso pode se tornar mais radical.

Acho que o respeito as múltiplas manifestações religiosas está garantido na Constituição Federal, e para alguns radicais das religiões protestantes é inadimissível.

Mas reflitamos, qual é um dos poucos locais em que um rabino pode se encontrar com um islâmico e falar sobre a paz no oriente médio? A Rua do Saara.

Então vamos celebrar São Jorge, Viva São Jorge, Padroeiro da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.

Mas pensemos! Não poderia ser Cidade de São Jorge do Rio de Janeiro?
Rio Babilôniaaaa.
Postar um comentário