sexta-feira, dezembro 02, 2005

Piuiiiiiiiiiiiiiiiiiiii


Vejam a ironia meus caros blogueiros, nesta sexta, dia 2 de dezembro, celebramos na cidade do Rio de Janeiro o Dia Nacional do Samba, uma das mais belas festas cariocas. Mas infelizmente, terei que estar na UNI-RIO apresentando um projeto de pesquisa para meu professor de Metodologia Científica II.

Estou aqui mais triste de que "cachorro quando defeca na chuva", porque raramente perco esse evento gigantesco do patrimonio cultural carioca.

Minha aula começa as 18:10 e tenho que apresentar um trabalho que vai definir minha aprovação ou reprovação nessa matéria. Raios mutley!!!

Pra quem não sabe, o Pagode do Trem reúne milhares de pessoas em Oswaldo Cruz, formando o maior número de rodas de samba por metro quadrado que esta cidade já viu.

Uma festa que reúne povo de toda a cidade e classes sociais no subúrbio carioca, num clima de alegria e paz. Uma maratona de samba que, como caiu numa sexta feira, deve ir até o sol raiar.

Às 17h, no portão da Central do Brasil, acontece show gratuito comandado por Marquinhos de Oswaldo Cruz. Participarão do show além das Velhas Guardas da Portela, Império, Salgueiro e Vila Isabel, sambistas como Luiz Carlos da Vila, Zé Luiz do Império, Monarco, Trio Calafrio, Nelson Sargento, Delcio Carvalho, entre outros.

Depois (e durante) o show, o pessoal embarca para Oswaldo Cruz em 32 vagões especiais para o evento. É só pagar a passagem de trem e entrar neles. Em Oswaldo Cruz haverá um palco com shows, mas o divertido é mesmo ficar circulando pelas rodas de samba que vão se formando nos bares dos dois lados da linha do trem.

Hoje é dia de festa do samba. Hoje deveria ser feriado nacional!!
Postar um comentário