quinta-feira, janeiro 05, 2017

Meu Corpo, minha punheta!

A quem pertence o nosso corpo?...

Não!

O caro leitor deste babilônico espaço virtual deve estar achando que estou perdendo minha sanidade mental!!

É isso mesmo que pergunto:

A quem pertence o nosso corpo?

A quem pertence o sabor do prazer? Da satisfação, da punheta, do gozo sublime?

De acordo com as matérias de periódicos, o Deputado Federal (e pastor) Marcelo Aguiar do DEM-SP (foto) acha que o meu corpo não me pertence e resolveu iniciar uma "Cruzada" contra a masturbação.

Alias nada tão apropriado de que denominar esse Projeto de Lei como: A Cruzada do Pastor Contra a Punheta Alheia.

Qual a estratégia do excelentíssimo parlamentar?
Apresentar um projeto de lei à Câmara em que propõe que as operadoras telefônicas vetem os sites de conteúdo pornográfico para que, desta forma, não tenhamos acesso aos conteúdos luxuriosos.

Com isso, o parlamentar acredita piamente que deixaremos de tocar uma bronha, que abandonaremos o famoso cinco contra um, que efetivamente não mais descascaremos o palhaço, como um vicio dos demônios e praticaremos o sexo livre.

Conforme palavras do próprio parlamentar em entrevista ao Jornal O Globo ele acha que há "viciados em conteúdo pornográfico e na masturbação", e continua que justificando que "estudos atualizados informam um aumento no número de viciados em conteúdo pornográfico e na masturbação devido ao fácil acesso pela internet e à privacidade que celular e tablet proporcionam, os jovens são mais suscetíveis a desenvolver dependência e já estão sendo chamados de autossexuais - pessoas para quem o prazer com sexo solitário é maior do que o proporcionado pelo método, digamos, tradicional".

Ou seja, do auto do panteão de sua concepção moralista e fundamentalista, o pastor-deputado resolve como um semi deus:

  • Definir o que posso ou não posso assistir na internet, mesmo tendo mais que 21 anos de idade;
  • Censurar as minhas escolhas;
  • Controlar a punheta alheia da população brasileira;

    Deixo meu apelo ao excelentíssimo parlamentar Marcelo Aguiar (DEM-SP). Escute as sábias palavra do Pastor Arnaldo sobre o referido assunto.

    Ser um Autosexual para aliviar a tensão é bom pra caramba!!!

    Ora bolas pastor, em vez de proibir, sugiro ao teu lado parlamentar que proponha a Legalização da Punheta!!!

    Babilônia Irmãos!!!!

  • Postar um comentário