sexta-feira, agosto 08, 2003

Navio Negreiro


"Auriverde pendão da minha terra
Que a brisa do Brasil beija e balança
Estandarte que a luz do céu encerra
E as promessas divinas de esperança

Tu que dá liberdade após à guerra
Foste hasteado dos heróis da lança
Antes te houvessem roto na batalha
Que servires a um povo de mortalha

(...) Senhor Deus dos desgraçados!
Dizei-me vós, Senhor Deus!
Se é delírio ou se é verdade
Tanto horror perante aos céus (...)"

O Navio Negreiro - Castro Alves


Não... bloggeiros...
Não é preciso ter uma máquina do tempo pra encontrar a escravidão no Brasil, basta disposição e uma boa procurada pelo interior do Pará, mato Grosso ou mesmo do Nordeste. O livro Meninas da Noite republicou materias sobre a escravidão e prostutição, ou como no O GLOBO, que publicou a pouco tempo que na Vila Mimosa foi encontrado duas menores.
Postar um comentário