quinta-feira, abril 24, 2003

Azul


Azul é inspirador, como o céu, que me deixa... apaixonado pela vida.
Azul foi a fase maravilhosa de Carlos Penna Filho, em sonetos e poemas...
Azul é a tela do meu computador dizendo que o sistema tem um erro mortal e não roda nada.
Tenho verdadeiros calafrios
Que cor da contradição.
Que revolta... o sistema de comentarios agora foi pra cucuia...
Quem sabe ele sinta saudades da babilônia e retorne?
Postar um comentário