terça-feira, julho 12, 2005

Ao Incomparável Mano Melo


Posso dizer aos caros blogueiros, daqui e de além mar, que hoje, assim que cheguei do trabalho liguei o aparelho da televisão para pura distração (isso é hábito comum por aqui).

Zapeando.......
Pera lá Sr. Motta, uma pausa para a reflexão etnológica - essa minha mania de ter convivido com o curso politécnico de Propaganda e Marketing! Acabo usando estas terminologias propagandistas - como diria o personagem Odorico Paraguassu no livro de Dias Gomes - O Bem Amado.

Retomemos minhas rticencias.
..... Zapeando a TV, acabei deparando-me com o canal estatal TVE Brasil. Estava ali sentando no banco dos réus do Programa A Verdade, nada mais que o poeta Mano Melo.

Dentre as perguntas, me deliciei com as rapidinhas. O apresentador Fernando Pamplona Perguntou para Melo:
- Musas?
Sábiamente o poeta respondeu:
- Elas estão nas ruas, as musas são as mulheres, todas, alías de cada 5 pessoas que nascem 3 são mulheres. Elas estão em todos os lugares dominando tudo! Esse é um capricho da Natureza para desequilibrar o planeta!!! - Assim que ouvi, ri muuuuito. Concordo contigo Mano Melo.

E pra finalizar Pamplona pediu que o poeta recitasse um poema! Mano nos presenteou com uma bela apresentação de seu famoso poema; Suis Generis.

Suis Generis (fragmento)
Por Mano Melo

Este é um país suis generis.
As putas gozam
Os cafifas se apaixonam
Os valentões apanham
Os ministros cantam
E as ministras dããão
Os machões tambééém

  • Ouça este fragmento de Mano Melo declamando no site: Mano Melo. Vale a pena ouvir, comprar e conhecer a obra deste grande poeta performático. Valeu Mano!
  • Postar um comentário