sexta-feira, janeiro 21, 2005

Sonhos de Negro
(Beto)

Eu vou subindo a ladeira
Subindo a ladeira
A ladeira da Sé
Jogando alfáias pro alto
No pulo, no salto
Renovar minha fé

Te peço, entrar no terreiro
Sonho verdadeiro
Dançar candomblé
Te pego, abê dourado
Deste sonho sonhado
Gonguê afoxé

A Nação, Nação Porto Rico
Que sonho bonito
Do meu coração
A Nação de um sonho real
É do meu carnaval
De amor e paixão

Te chamo guerreiro de lança
Vem pra minha dança
Foi feita pra tu
Entra de peito aberto
Que isto tá certo
É o maracatu

Te beijo estandarte dourado
De negros e mulatos
Bonitos de ver
São milhões de negros ajuntados
De corpos marcados
É o maculelê
Postar um comentário